Dupla Alimentação | Pane | Como Resolver

Compartilhe em suas redes sociais!

Se você atira com pistola certamente já passou por isso e vai gostar desse vídeo. Hoje vamos falar da PANE DE DUPLA ALIMENTAÇÃO, a pane mais temida de todas que podem aparecer diante de um atirador que empunha sua pistola, seja ela para o tiro esportivo, numa prova, por exemplo, ou para defender sua vida!

A pane de dupla alimentação também é chamada de duplo carregamento, ou ainda “double feed”, como é falado na língua inglesa.

Na verdade, numa análise mais detalhada, a pane de dupla alimentação em pistolas não chega a ser de fato uma tentativa de duas munições disputando a entrada na câmara, isso é bem mais comum de acontecer num fuzil, por exemplo.

Mas nas pistolas o termo acabou se tornando popular também, embora o que ocorra ali é um estojo que não foi corretamente extraído da câmara acabar impedindo que uma nova munição apresentada pelo carregador suba para a câmara.

Dessa forma fica claro uma falha de extração do que propriamente uma dupla alimentação, pois o extrator, que deveria ter ficado conectado ao culote do estojo, de alguma forma não o fez corretamente, e assim, ao ser feito o disparo, o ferrolho vem à retaguarda mas não se dá a extração, e portanto a ejeção do estojo.

Ao retornar a frente, levado pela mola recuperadora, o ferrolho recebe uma nova munição entregue pelo carregador, que sobe e é levada em direção à câmara – só que aí não ocorre a alimentação, pois a câmara ainda contém um estojo.

Dupla Alimentação | Minha Experiência

Quando se trata de uma prova esportiva, com foi o meu caso (tive 4 panes seguidas de dupla alimentação), o prejuízo é uma má colocação na prova em função do tempo perdido, uma viagem perdida, o valor da inscrição e da munição… pois essa é uma pena que não se resolve com o famoso “tapa-golpe”, ou “tap, rack, bang”.

Aqui será necessário aliviar a pressão do ferrolho, retirar o carregador, limpar a câmara, dando vários golpes de segurança, reinserir o carregador e manobrar o ferrolho novamente.

Mas quando essa temida pane surge numa situação real de combate, esses segundos preciosos podem fazer falta, passando o operador a lutar pela sua vida.

Então acompanha aí esse primeiro capítulo da investigação que vou fazer até resolver de uma vez por todas essa pane de dupla alimentação.

Se inscreva no canal e nos siga em nossas redes sociais pois temos muito mais a caminho!

Valeu! Um abraço,

Antonio Roseira

PATROCINADORA OFICIAL: INVICTUS TACTICAL & OUTDOOR

POSTS RELACIONADOS

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *