Fuzil AR-10 | Panther Arms 7.62 | Ururahy Tactical

Compartilhe em suas redes sociais!

Testamos o Fuzil AR-10, modelo fabricado pela DPMS Panther Arms no calibre 7,62x51mm OTAN!

Originalmente conhecido como ArmaLite AR-10, é um fuzil de batalha desenvolvido por Eugene Stoner no final dos anos 50 e fabricado pela ArmaLite. Ao longo de sua vida útil, o Fuzil AR-10 original foi construído em números relativamente pequenos, com apenas cerca de 10.000 unidades montadas, no entanto, o ArmaLite AR-10 se tornaria o progenitor de uma ampla gama de armas de fogo.

Em 1957, o projeto básico do Fuzil AR-10 foi substancialmente modificado pela ArmaLite para utilizar a munição .223 Remington, recebendo a designação ArmaLite AR-15. Em 1959, a ArmaLite vendeu seus direitos ao AR-10 e AR-15 à Colt Firearms, devido a dificuldades financeiras e limitações em termos de mão de obra e capacidade de produção.

Após modificações (principalmente, a alça de carregamento foi recolocada sob a alça de transporte como AR-10 na parte traseira do receptor), o novo rifle redesenhado foi posteriormente adotado pelos militares dos EUA como fuzil de assalto M16. ArmaLite licenciou os projetos do AR-10 e AR-15 para a Colt Firearms e em seguida o Fuzil AR-15 acabou se tornando o Fuzil de Assalto M4.

E essa oportunidade foi graças ao nosso irmão João Ururahy, da Polícia Civil do Rio de Janeiro, atualmente trabalhando da divisão de combate ao Roube de Cargas. Ele e outro amigo e Instrutor, João Hamilton, comandam os Cursos de Tiro da Ururahy Tactical no Clube de Tiro American Shooting Club, no Recreio dos Bandeirantes.

Lado R Oficial Antonio Roseira Fuzil AR10 7.62 American Shooting Club

Fuzil AR-10 7.62 | Utilização no Brasil

No Brasil o Fuzil AR-10 está sendo utilizado pelo BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais) da Polícia Militar e pela CORE (Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil), além do BPChoque – Batalhão de Polícia de Choque, BAC – Batalhão de Ações com Cães e GAM – Grupamento Aeromóvel, todos do Rio de Janeiro, em substituição aos FN FAL e ParaFAL, ambos produzidos nacionalmente pela IMBEL.

Foram encomendados mais de 1000 novos fuzis (acompanhados de miras EOTech, lunetas e grips) de coronha, punho e outras partes verdes; que é para compor o novo uniforme camuflado que será utilizado no combate ao crime nas favelas e nas matas do estado.

Também é utilizado pelo Grupo de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar de Goiás – GRAer / PMGO, sendo empregado tanto nas aeronaves quanto nas viaturas terrestres. Além do Grupo Tático 3 (GT-3) da Policia Civil de Goiás e BOPE-TO.

Lado R Oficial Liz Tristao Fuzil AR10 7.62 Mirando Red Dot American Shooting Club

Fuzil AR-10 7.62 | Fuzil de Batalha

O termo fuzil de batalha é amplo. Tecnicamente falando, todo fuzil é de batalha, pois estará no campo de batalha. Dessa forma temos fuzis de repetição, semiautomáticos, de precisão, de assalto, carabina, e antimaterial (.50). Até 1980, a maioria dos exércitos usava o calibre 7,62 x 51 mm como arma regulamentar. Havia carabinas também no mesmo calibre. Isso mostra que tanto o fuzil de assalto como de batalha são armas regulares e não complementares uma às outras.

Os termos assalto e batalha podem confundir no primeiro momento, mas são categorias diferentes. O fuzil de batalha não surgiu com os mesmos propósitos do fuzil de assalto. Não se tem um calibre intermediário, não visa distâncias menores, não é mais leve, não tem controle em regime automático e tem um poder de fogo menor.

Em virtude desses elementos, uma arma em calibre 7,62 x 51 mm não pode ser classificada como fuzil de assalto. Esse sim foi concebido para ser leve, usar calibre intermediário, ser usado em curtas e médias distâncias, ter um grande poder de fogo e poder disparar em regime automático. Ou seja, são duas categorias diferentes porque nasceram para funções diferentes.

Confere aí então como foi nossa experiência com o Fuzil de Batalha AR-10.

Lado R Oficial Antonio Roseira Liz Tristao Joao Uruhahy Tactical American Shooting Club

Se inscreva no canal e nos siga em nossas redes sociais pois temos muito mais a caminho!

Valeu! Um abraço,

Liz Tristão

PATROCINADORA OFICIAL: INVICTUS TACTICAL & OUTDOOR

POSTS RELACIONADOS

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *